segunda-feira, 8 de novembro de 2010

O Caminho


"Cada caminho é apenas um entre um milhão de caminhos.
Portanto, você deve ter sempre em mente que um caminho não passa
de um caminho. Se você achar que não o deve seguir, não precisa segui-lo,
de modo algum.
Um caminho é apenas um caminho.
Não é uma afronta para você ou outros se o largar, se for isso que o seu coração lhe aconselha. Mas a sua decisão de continuar no caminho ou abandoná-lo deve ser livre de medo ou ambição. Eu lhe aviso: examine cada caminho com atenção e propósito. Experimente-o quantas vezes julgar necessário. Depois faça uma pergunta a você, e só a você. É a seguinte: esse caminho tem coração? Todos os caminhos são os mesmos. Não levam a lugar algum. Há caminhos que passam pelo mato, ou vão para dentro do mato ou sob o mato. A única pergunta é se esse caminho tem coração. Se tiver, o caminho é bom. Se não, não tem utilidade."

Sem comentários:

Enviar um comentário